segunda-feira, 9 de março de 2009

Final de semana

Depois de uma semana conturbada, onde praticamente não treinei, nesse final de semana consegui fazer dois bons treinos de percurso. No sábado foram 16kms com média de 5m20s/km, totalizando 1h25m20s, já no domingo fiz talvez meu melhor treino do ano, embora minha planilha pedisse 21kms, compareceram no ponto de encontro mais 7 amigos, e numa rápida conversa optamos por correr 15kms num percurso de média dificuldade, sendo boa parte percorrido pelo acostamento da Via Anchieta, sentido Santos, e fechei em 1h11m17s com média de 4m45s/km, sob sol bastante forte já às 8:00hrs da manhã, o que não é normal aqui em SBCampo, gostei bastante do treino.
Após cinco anos de corridas e treinos, com duas maratonas disputadas, nesse final de semana pensei bastante sobre correr por prazer somente ou manter a obrigação de seguir treinos rígidos. Tenho feito muitos longos, assim como tiros e subidas visando a Maratona de SP, e isto tem sido muito desgastante, porque não se corre uma maratona sem que os treinos virem obrigação.
Em 2006 corri a maratona, em 2007 me contundi 30 dias antes e fiquei de fora, em 2008 me contundi 45 dias antes, fiz um tratamento de choque e corri sofrendo bastante.
Não sei, estou pensando em disputar provas de até 25kms no máximo, fazendo menos longões, treinos mais curtos e esquecer de vez as maratonas. Vamos ver, tenho que pensar melhor para não me arrepender, nem tomar decisões intempestivas. É isso aí.

5 comentários:

Márcio Santana disse...

Walter, neste domingo fiz a corrida mais longa de minha curta vida de atleta. Foram 33 km, pesados, de aclives e declives acentuados, com muito sol na cabeça. Fazia parte do treino para minha primeira maratona (será em POA, em maio deste ano) e estão passando pela minha cabeça os mesmos pensamentos... vale a pena? Quais meus reais objetivos? Vou me dar mais alguns meses para decidir...

Xampa disse...

Walter, hj o meu limite é a Meia.
Um objetivo para o ano que vem.
Mas, esse é hj. Amanhã pode ser que mude.

Walter disse...

Márcio,

Acho que para um amador, todo esse sofrimento e dor não são necessários, li no Blog do Júlio Cordeiro, aí de Pernambuco, que ele também pensa se vale a pena correr ultras. Estou pensando.

Xampa,

É aí que pretendo chegar, limitar minha distância, fazer treinos mais confortáveis e curtir o esporte como mero coadjuvante mesmo.

Carlos Lopes disse...

Parabéns meu amigo. Eu ao inicio das corridas, queria tudo em pouco tempo. Com 2 meses, fiz a minha 1º meia, mas depois o corpo pagou caro, com lesões. Abraços

Walter disse...

Caro Carlos, acho que vc. chegou no ponto, o querer sem limites, hoje corro com muitas dores, especialmente nos tendões, acho que já é a cobrança do corpo por tantas rodagens, fosse eu um profissional atrás de dinheiro e fama valeria a pena, mas, como amador acho que vou optar por correr por prazer.

Um abraço