terça-feira, 1 de junho de 2010

Amadurecimento ou medo?

Seg - off
Ter - Musculação
Qua - 12k - 1h10m47s - 5m52s/km - asfalto
Qui - off
Sex - Musculação
Sab - 10k - 1h05m24s - 6m31s/km - trilha
Dom - 12,5k - 1h05m20s - 5m13s/km - asfalto
Finalmente consegui fechar uma semana completa de treinos, embora em ritmo ainda lento, o mais importante é que não tenho sentido fortes dores no joelho.
Me inscrevi para correr os 25k da Corpore, havia a possibilidade de se inscrever somente para uma volta, ou 12,5k, mas optei pela inscrição para a prova maior.
O domingo amanheceu frio, a largada seria às 7:00hrs no Jockey Club, longe de S.B. do Campo, assim levantei às 04:30hrs da manhã e junto com dois amigos fomos para lá.
O local não se mostrou adequado para receber tanta gente, a fila para retirada do kit era imensa e pela primeira vez, ao menos desde que corro, a Corpore foi obrigada a atrasar a largada, foram 10 minutos.
Durante a prova a organização, como sempre, foi impecável, nada a reclamar, o percurso eu já conhecia, é um trecho da Maratona de SP, larguei confiante, me sentindo bem, num ritmo tranquilo, passando o primeiro km em 5mins., sem muito atropelo, e segui mantendo uma média que variava de 5min. a 5min20s por km, mas sempre preocupado com o joelho, afinal o médico não me liberou para provas mais longas.
No 8k senti um leve incômodo, nada preocupante, mas uma dorzinha que não era normal, reduzi e pela primeira vez pensei em não fazer a segunda volta, segui até o 10k e o incômodo persistia e resolvi abandonar a segunda volta, eu tinha condição de prosseguir, estava bem fisicamente, mas resolvi seguir o anjinho (na minha opinião era ele) que dizia, vai com calma, o objetivo é Curitiba em Novembro, já o diabinho (acho que era ele), dizia, "senta a bota", " você está bem", rsrsrsrsrs.
Parei, a chegada foi dentro do Jockey Club, muito legal, meu nome não aparecerá na classificação e peguei a medalha de 12,5k. além de ter que ficar aguardando o pessoal que correu 25k, mas fiquei feliz, estou no caminho certo na preparação para a Maratona de Curitiba.
A próxima prova será curta, os 10k dos Bombeiros do Ipiranga, prova tradicional e muito legal, que acontecerá em 01 de Julho.
De qualquer forma, como o diabinho não dá trégua, ficou aquela dúvida: Foi amadurecimento ou medo?

2 comentários:

Xampa disse...

eu aposto sempre no amadurecimento.
chegar inteiro é muito melhor do que chegar quebrado ou não chegar.
ainda mais, voltando de uma lesão e tendo uma meta em novembro.

Joka disse...

Salve guerreiro o Xampa ta com toda a razão...Bons treinos man!!!