segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Corrida Aramaçan

Quarta - 10km
Sexta - 14km
Sábado - 20km
Domingo - 10km
.
Neste domingo participei da corrida organizada em comemoração aos 82 anos do clube Aramaçan em Santo André.
Foi a 5ª prova organizada por eles, mas a primeira em que participei, isso depois de muito tempo sem correr uma prova de 10km, dedicado que estou às maratonas.
Haviam 1000 inscritos, e achei interessante que 60% desse pessoal iria para a caminhada de 5km e somente 40% para a corrida. O ambiente altamente familiar, muitas crianças, vovôs e vovós, a maioria sócios do próprio clube, confesso que tive medo de uma organização mais amadora, já que alguns relataram falta de água no ano anterior, mas a verdade é que tudo foi muito bem feito, com um ou outro incoveniente, o que é normal num evento com 1000 pessoas participando e outras tantas acompanhando.
Eu havia feito um longão de 20km no sábado na USP, mas estava me sentindo muito bem e optei por correr em ritmo forte para os meus padrões, ao menos nos primeiros 5km, mesmo com o risco de quebra, eu queria fazer um teste, sabedor de que o percurso era tranquilo, subida somente em dois viadutos e nada muito forte e assim saí, e passei os 5km em 22 minutos aproximadamente, então um inconveiniente, o pessoal da caminhada fazia o mesmo percurso, e a larga avenida tinha somente uma faixa demarcada com cones para a prova, as outras faixas estavam abertas ao trânsito, conclusão, após o km 7 misturou-se famílias caminhando, bem lentinho, com corredores super apressados, apesar da boa vontade dos caminhantes atrapalhou um pouco, se a prova crescer mais, como li que querem duplicar o número de partcipantes, tem que repensar isso, no mais, tudo tranquilo, água gelada, uma medalha simples, mas não dou valor para medalhas, me é indiferente e um bom lanche com peito de peru, suco, barrinha de cereal.
Concluí em 46m51s, tempo não oficial, com média de 4m39s/km, aliás, eu não fazia essa média desde 2008, lá se vão 4 anos, o que mostra que correr maratona me deixou realmente bem mais lento, além do avançar da idade, é claro.
Por ora é isso, minha próxima prova será a Meia da Praia Grande em 02/9.

Um comentário:

elis disse...

parabéns, Walter!

também tô doida pra fazer uma prova de 10km pra testar a potência atual do motor:)

é melhor quando a organização consegue separar ou dar um bom intervalo entre corredores a caminhantes... quando mistura todo mundo, acaba atrapalhando um pouco quem gostaria de acelerar.

boa prova lá me Praia Grande!
bjs