sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Fora de Curitiba, fora da Pampulha. Há felicidade completa?

Esse ano começou sensacional, treinando bastante, corri várias meias até chegar o dia da maratona do RJ, onde reencontrei meus amigos baleias e fiz novas amizades, entretanto o melhor estaria por vir, o auge aconteceu na maratona de Assunção, além de uma viagem inesquecível, junto com a equipe Baleias, ainda consegui correr abaixo de 4 horas, voltei a SBCampo sentindo felicidade indescritível.
Seria a felicidade completa? Não, ainda faltava correr a maratona de Curitiba, prova que gosto muito. Porém, os problemas começaram, pequena dor no joelho, não liguei prossegui os treinos, era uma dorzinha que eu já havia sentido em 2010 e que me deixou fora exatamente da maratona de Curitiba, prossegui os treinos, não deveria, a dor aumentou, tive que ir ao médico 1 semana antes da viagem, fiz exames e ele me informou uma inflamação, da outra vez havia sido condromalácia, agora essa inflamação e me disse o que eu não queira ouvir, nada de correr, com passagem aérea, hotel, eu estava fora de Curitiba.
No dia 11 de novembro iniciei o tratamento, desanimado, afinal eu queria correr mais uma maratona, no dia 19 fiz novo exame, voltei ao doutor e descobri que não há felicidade completa, somente parcial, somente momentânea, a inflamação diminuiu bem, mas nada de corridas, mais duas semanas de tratamento, retorno em 02/12, ou seja, fora da Pampulha, antes tenho uma prova de 10km em Santo André no dia 24/11.
Passagem aérea comprada, hotel pago, faltava fazer a inscrição e estou fora, mais uma vez as contusões, assim foi em 2009/2010/2011, somente 2012 passou incólume, por vezes acho que escolhi o esporte errado, apesar de todas as amizades, apesar de todo o benefício que obtive, especialmente com perda de peso.
Nesse momento penso em desrespeitar tudo e correr no domingo os 10k e ir para a Pampulha correr os 18k, o preço talvez seja parar depois por muito tempo, pode ser um preço caro, enfim, vou decidir, mas por ora, estou fora.
Há felicidade completa? 

2 comentários:

Andre Cruz disse...

putz, que saco. melhoras.
fiz vasectomia há 15 dias, estou sem treinar e vou ficar mais uma semana.
na consulta de revisão, o médico falou, a primeira semana é tranquila, porque o testículo tá inchado e tal, mas o perigo mora na segunda semana, quando vc acha que pode e na verdade não pode.
ou seja, os bons momentos devem ser tratados com cuidado, porque eles podem nos levar a coisa que ainda nao podemos fazer.
melhoras.

Julio Cordeiro disse...

Walter,
Sentimos muito a sua falta em Curitiba.
Cabra, não desanime. Vamos pra Pampulha e se não der pra correr, vamos fazer uma farra daquelas da de Assunção. Tu vai sarar dessa lesão rapidinho. Melhoras amigo. Força!!!